precisa de receita

Veja tudo sobre o Aciclovir! Para que serve, bula e posologia do antibiótico que combate o herpes labial e genital:

É um medicamento utilizado no tratamento do vírus da HSV causador da Herpes labial e genital. Para entender a ação do medicamento é importante compreender o que é a doença e como tratá-la.
Vale ressaltar que este artigo tem como intuito informar o leitor.
Não substitui de maneira alguma o diagnóstico e aconselhamento médico.

Vírus HSV:

Nada estigmatiza mais o ser humano como o diagnóstico de uma doença sexualmente transmissível.

Pensamentos de culpa, receio, medo do futuro e o que o diagnóstico pode representar para o relacionamento atual ou futuro.

Algumas doenças só se manifestam na região genital, como é o caso do HPV. Outras, no entanto ficam mais visíveis.

O vírus HSV manifesta uma doença que se enquadra no grupo cujos efeitos podem ser observados em outras partes do corpo.

Mais comumente conhecido como Herpes o vírus pode ser classificado em dois tipos: HSV 1 e HSV 2.

O primeiro é também chamado de Herpes Labial, enquanto o segundo é conhecido como Herpes Genital.

Apesar da HSV 1 não ser considerada uma DST (doença sexualmente transmissível), o estigma que gira em torno da doença acaba marcando o portador do vírus como uma pessoa que foi contaminada através de relações sexuais.

Isso pode causar constrangimento, mal entendidos e humilhação. É impossível esconder as lesões que ficam bem estampadas no canto da boca. É uma condição desconfortante tanto para quem carrega as lesões quanto para quem observa de perto.

A Herpes Labial pode ser transmitida através de um simples beijo ou compartilhando copos e talheres com pessoas infectadas.

pomada oftalmica

Já o HSV 2 é transmitido por relações sexuais com um parceiro(a) infectado(a).

Sintomas do HSV 1:

Se algum desses sintomas aparecer, é importante procurar um médico e buscar o diagnóstico o quanto antes. Dentre os principais sintomas da Herpes Labial podemos citar:

• Formação de crostas amareladas nos cantos da boca. Essas crostas não são exatamente feridas, podem apresentar a forma de líquido ressecado e geralmente vem acompanhadas de coceira;

• Dor de garganta sem motivo aparente;

• Bolhas avermelhadas ou vermelhidão ao redor dos lábios;

• Erupções ou lesões na boca.

Sintomas do HSV 2:

A Herpes genital é uma doença sexualmente transmissível, sendo assim pode ser facilmente evitada através do uso de camisinhas. Os sintomas da Herpes Genital podem ser:

• Mal estar em geral;

• Enxaquecas;

• Dores nos músculos;

• Lesões no local;

• Feridas que sangram;

Os sintomas pode aparecer dentro de 5 a 10 dias após a relação sexual. Esteja sempre atento e se qualquer um dos sintomas aparecer, procure imediatamente um médico.

Cuidados na hora do sexo:

Você foi diagnosticado com Herpes Genital, mas não sabe como contraiu já que fez sexo com proteção?

A área coberta pela camisinha protege o contato entre o pênis e o canal da vagina, mas muitas vezes, a lesão pode estar escondida entre os pelos pubianos, virilhas e coxas. Se estas áreas não estiverem cobertas, é possível contrair a doença mesmo fazendo uso do preservativo.

pacheco drogasil farmacia popular

Vale lembrar ainda que a camisinha não é 100% infalível. Existem casos de pessoas que engravidam mesmo tendo usado o preservativo, sendo a gravidez o menor dos males dentre os riscos que podem acarretar a falha do preservativo.

Sexo oral e anal sem camisinha são os campeões no quesito contaminação, isso porque os adeptos acabam fazendo pouco caso do preservativo por não haver risco de gravidez.

Por causa da irresponsabilidade na hora do ato sexual, o vírus já acomete aproximadamente 90% dos brasileiros.

Se você foi diagnosticado com herpes genital algumas medidas precisam ser tomadas para evitar a transmissão do vírus. São elas:

• Converse com as pessoas com quem teve relações sexuais recentemente. Elas precisam ser alertadas para que não propaguem o vírus inadvertidamente;

• Se você tem um parceiro(a) fixo(a) é necessário que converse abertamente sobre o vírus e peça para que ela/ele faça o teste;

• Procure evitar situações em que álcool e sexo possam estar relacionados, pois o álcool limita a capacidade de tomar decisões e pode acabar levando ao sexo desprotegido;

• Diminua o número de parceiros e pratique sexo, em todas as suas formas, com proteção;

• Não compartilhe objetos pessoais como talheres, copos e maquiagem.

Lave sempre as mãos.

Tanto a Herpes Labial quanto a Herpes Genital não tem cura.

Uma vez diagnosticado com a doença, o paciente precisará desenvolver certas práticas e cuidados para evitar novas crises.

O que fazer para evitar as crises de Herpes:

serve para afta

É de conhecimento comum que estresses e má alimentação podem levar ao enfraquecimento do sistema imunológico fazendo com que o vírus da herpes se manifeste.

Por este motivo é importante cuidar bem da mente e do corpo para evitar novas crises.

Cuidados com a alimentação:

Converse com um nutricionista sobre o cardápio que melhor se enquadra a sua realidade. Pesquisas indicam que dois aminoácidos específicos atuam diretamente na ação do vírus, um favorece as crises e outro ajuda a combater. O aminoácido aliado do paciente no combate ao vírus é a Lisina e o que agrava a condição é a Arginina.

Peça ao seu nutricionista uma lista de alimentos que contenham os dois aminoácidos para que você possa saber o que adicionar a sua dieta e o que evitar.

Converse também sobre a suplementação de Lisina. Existem sites de suplementos para atletas com uma ampla opção de produtos com o aminoácido.

Alimentos ricos em Lisina:

• Frutas e vegetais: maçã, manga, pera, figos, couve-flor, beterraba, ervilhas;

• Carnes: coração de peru, cordeiro, carne de vaca, peixe e frango;

• Iogurtes;

• Feijão.

Alimentos ricos em Arginina (para evitar):

• Chocolates;

• Café;

• Comidas processadas e carne vermelha;

• Coco, laranja e melancia;

• Sementes;

• Castanhas;

• Qualquer bebida ou alimento ácido;

• Adoçantes.

Cuidados com a mente:

injetável

Se você tem uma vida corrida e estressante é preciso reavaliar as suas prioridades. Procure honestamente os padrões que necessitam ser mudados para levar uma vida mais zen. Respeite os seus horários de lazer. Adquira um hobby, pratique exercícios físicos, durma bem, cerque-se de coisas e pessoas que te façam bem.

Não subestime a ação do estresse no desenvolvimento das crises de herpes. Algumas pessoas são mais suscetíveis a manifestação física do estresse do que outras, mas todos os portadores do vírus estão sujeitos ao aparecimento das lesões caso algo não ande bem com o seu emocional.

Fui diagnosticada com Herpes genital, posso engravidar:

Mulheres portadoras do vírus podem sim realizar o sonho de ser mãe, basta conversar com um especialista para que decidam a melhor maneira de trazer a criança ao mundo. Provavelmente, o obstetra indicará uma cesariana, pois existe menos risco do bebê se machucar durante o parto, evitando assim uma transmissão do vírus da mãe para a criança.

É importante frisar que ser portador do vírus HSV não é uma sentença de morte. Existe vida de qualidade para aqueles que carregam o vírus. Na verdade, deve-se encarar a doença como uma oportunidade para um novo estilo de vida que possibilitará uma mudança radical de corpo e mente.

Como é o tratamento com Aciclovir:

Acima vimos o que fazer para evitar o surgimento das lesões do vírus da herpes, agora vamos falar sobre o tratamento das crises.

O medicamento pode ser encontrado nas seguintes formas: creme dermatológico, comprimidos, injetável e pomada oftalmológica.

Qual a ação do medicamento :

genérico

Ele combate o vírus da herpes labial, genital e zoster (varicella).

Como tomar:

No tratamento de adultos deve-se administrar 1 comprimido de 200 mg cinco vezes ao dia ou 400 mg duas a três vezes ao dia ou de acordo com a indicação de um médico especialista.

No caso do creme ou pomada ele deve ser administrado no local das lesões cinco vezes ao dia. A pele deve estar limpa e deve-se evitar a aplicação direta com os dedos.

Lave bem as mãos após a aplicação do produto.

Quanto custa o medicamento:

Ele é um remédio que precisa de receita médica para algumas de suas formas (injetável e comprimido), já o creme para uso tópico pode ser vendido sem prescrição médica podendo assim ser adquirido por um preço mais em conta em drogarias online. O valor varia entre R$ 8,00 a R$ 95,00 dependendo da sua apresentação.

é antibiótico suspensão

O Aciclovir pode ser encontrado na forma genérica.

Reações Adversas:

Foram observadas algumas reações decorrentes ao uso de Aciclovir em alguns pacientes. Reações alérgicas como irritação, inchaço e parestesia bem como náuseas, vômitos, dores de cabeça, tontura e diarreia.

Se aparecerem algum dos sintomas acima deve-se interromper o uso e consultar um médico. Não utilize o produto se a embalagem estiver danificada.

Para maiores informações consulte a bula do remédio.

Crianças, gestantes, lactantes e idosos devem utilizar o remédio de acordo com a prescrição de um especialista, mesmo que seja apenas o creme tópico.