nomes que emagrecem para ansiedade mais usados atualmente

Veja os nomes dos Antidepressivos modernos mais usados e fortes como a fluoxetina





A depressão, considerada o mal do século XXI, tem gerado grande preocupação a comunidade médica e farmacêutica.

Por este motivo, atualmente são inúmeros os medicamentos disponíveis para o tratamento desta enfermidade.
De maneira geral podemos dizer que os antidepressivos são fármacos que possuem substâncias ativas capazes de repor os neurotransmissores cerebrais, tais como serotonina, e desta maneira reequilibram o humor da pessoa.

Existem diferentes classes de depressão, desde a leve até a considerada profunda.
Os principais sintomas da depressão são: tristeza; angústia; desânimo; sentimento de culpa; cansaço; alterações do sono; alterações do apetite;dentre outros.
Os antidepressivos só podem ser utilizados mediante orientação médica, seja de um clínico geral, psiquiatra ou neurologista e os mais usados na atualidade são os seguintes: Fluoxetina; Paroxetina; Citalopram; Escitalopram; Venlafaxina; Bupropiona.

Para a escolha correta do antidepressivo, o médico deve levar em consideração os seguintes itens:

• Classe de depressão;

• Principais sintomas;

• Mecanismo de ação;

• Efeitos colaterais;

• Estado de saúde do paciente.





a longo prazo quais os mais usados remedio antidepressivo forte




A fluoxetina é talvez o remédio mais conhecido para o tratamento da depressão, podendo ser encontrado no mercado com diferentes nomes, dependendo do laboratório que realizou a sua manipulação. Dentre eles estão o Prozac, Eufor e Daforin.

Cada antidepressivo atua de uma maneira específica no organismo, isto é, cada qual possui um mecanismo de ação diferente. Por este motivo, um medicamento que é considerado bom para uma pessoa pode não fazer o mesmo efeito a outra. Por este motivo é sempre recomendável utilizar os medicamentos sempre sob orientação médica.

Ainda existem pessoas que preferem fazer uso de medicamentos naturais para a depressão ou até mesmo buscam a cura através de uma alimentação saudável, como por exemplo através do consumo de banana, capaz de repor a quantidade de triptofano presente no organismo.





Efeitos colaterais

Até mesmo o antidepressivo mais moderno traz efeitos colaterais ao organismo, uns em mais e outros em menores grau.

Entre os efeitos colaterais estão:

• Sonolência;

• Ganho ou perda de peso;

• Tremores;

• Boca seca;

• Tontura;

• Diminuição do libido.

Muitas pessoas receiam em tomar este tipo de medicamento, devido aos efeitos colaterais por eles causados, em especial as mulheres que ouvem dizer que a pessoa que faz uso deste medicamento, geralmente, engordam.

Existem ainda as pessoas que tomam este medicamento buscando justamente sentir o efeito colateral por ele produzida, como as pessoas que tomam a fluoxetina e que emagrecem.

remedios naturais   e alcool remedio depressao tarja preta

Outras pessoas ainda quando recebem do médico o parecer de que se encontram depressivas e que necessitam tomar algum medicamento antidepressivo, negam-se a fazer uso dos mesmos, uma vez que, tem-se ainda a errônea ideia de que remédios para depressão causam dependência.

Na realidade, estes medicamentos não causam dependência, mas a sua retirada não pode ocorrer de forma repentina, mas aos poucos.

Além da depressão propriamente dita, os antidepressivos podem ser utilizados como auxiliares na profilaxia de outras doenças, tais como: tensão pré-menstrual, ansiedade, transtorno obsessivo compulsivo, dores crônicas, entre outros.

É importante ressaltar também que para o tratamento de depressão ser mais efetivo, além da utilização de antidepressivos deve-se recorrer também a psicoterapia e a prática de atividades físicas.

A depressão é uma doença séria e que por esse motivo deve ser tratada, pois é sabido que a grande maioria dos casos de suicídio do mundo ocorreram com pessoas portadoras de transtornos mentais, principalmente com pessoas depressivas.







Orlistat - Xenical
Sibutramina
Sertralina - Zoloft
Fluoxetina - Daforin
Bupropiona - Zyban
Benzetacil
Azitromicina