dose diaria recomendada

Veja como tomar, indicação, efeitos colaterais e preço do Cloreto de Magnésio em cápsulas:

Cloreto de magnésio; este é um dos minerais eletrólitos mais importantes do nosso corpo. Manter o equilíbrio dos eletrólitos no organismo é fundamental para o bom funcionamento das células e de nossos órgãos.
Trata-se de um mineral tão importante que, sem ele o nosso corpo não seria capaz de manter os fluidos dos vasos sanguíneos, movimentar os músculos, fazer as transmissões nervosas ou manter os rins funcionando adequadamente.
Como vimos, é um composto englobando cloro e magnésio, e exerce muitas funções, no entanto, é excretado do organismo rapidamente.

Veja o que o composto é capaz de fazer pela sua saúde:

Devido à industrialização alimentícia, à criação de animais alimentados de forma não natural e ao uso de agentes como os agrotóxicos, os alimentos acabam empobrecendo a sua gama de vitaminas e sais minerais; assim, o cloreto de magnésio vem sendo utilizado como suplementação natural, muito indicado para repor, de maneira eficiente, as substâncias ausentes em nosso corpo.

Portanto, trata-se de um eficaz suplemento muito utilizado para compensar o insuficiente consumo ou mesmo a absorção pobre de magnésio pela dieta. Acompanhe o que ele pode fazer por você:

Purifica o sangue:

A substância ajuda o corpo a manter em equilíbrio o pH do sangue, ou seja, este índice sempre estará em valores próximo a 7,3. Isso impede que o sangue se torne muito ácido ou muito alcalino, evitando, assim, consequências sérias à saúde.

Deixa os rins funcionando adequadamente:

O mesmo também vai auxiliar o organismo na eliminação do acúmulo de toxinas presentes nos rins. Desse modo, o órgão funcionará de modo adequado, evitando doenças como, por exemplo, a gota; um mal caracterizado por eventual presença de cálculos renais, inclusive com possibilidade de haver a chamada nefrite intersticial úrica.

Ajuda nas atividades físicas:

seca barriga comprar farmácia

Quando há o presença do composto no organismo as atividades físicas serão beneficiadas, pois, o mineral previne a presenças de cãibras, lesões e fadiga muscular durante toda a prática das atividades físicas ou esporte.

Mantém a pressão arterial equilibrada :

Você sabia que uma das principais causas para o aumento da pressão é o funcionamento inadequado dos rins? Pois bem, atuando como um agente desintoxicante dos rins, o cloreto acaba tendo muita importância para o controle da pressão, assim, várias doenças ou condições graves de saúde são amenizadas, como tromboses, AVC ou infarto.

Controla a glicose:

O composto também pode controlar as taxas de açúcar no sangue. Pacientes diabéticos que são portadores do Tipo II, que fizeram uso do composto de modo frequente, tiveram, depois de 45 dias, seus níveis de glicose bastante reduzidos, chegando a níveis normais.

Melhora o sistema digestório:

por quanto tempo devo tomar

O mineral também é ótimo para o funcionamento perfeito do sistema digestório. O consumo frequente resguarda o organismo e evita o aparecimento de várias doenças como a Síndrome do Intestino Irritável, colite ulcerativa, hemorroidas, Doença de Crohn, além de câncer de intestino.

Ajuda na resistência à insulina:

A insulina é um hormônio que faz com que a glicose entre nas células para, então, ser empregada como energia; entretanto, ela acumula o excesso da glicose no modo ‘gordura corporal’. Além desta tarefa a insulina é também responsável por conduzir o magnésio para o interior das nossas células.

Pois bem, quando somos levados a uma alimentação carente de magnésio, o efeito será a fabricação de uma insulina que transporá a glicose de modo ineficiente. Assim, a não ingestão do mineral poderia originar o aparecimento da diabetes ou então, fazer com que o paciente ganhasse peso.

Segundo renomada médico Brasileiro, o magnésio é o melhor composto para tratar a fadiga muscular. De acordo com pesquisas da Universidade de Wisconsin (EUA), o magnésio contribui, de fato, para a produção de energia no organismo, energia celular; assim, a sua administração pode contribuir positivamente para os portadores de fibromialgia. A fadiga é realmente um sintoma bastante comum da doença.

Como tomar o cloreto de magnésio:

para que serve ultrafarma

O composto deve ser ingerido por via oral, caso o suplemento seja em cápsulas. O cloreto de magnésio é melhor absorvido quando ingerido juntamente com a refeição. Esse procedimento também vai reduzir eventuais problemas de estômago ou diarreia; claro, o seu médico poderá indicar outro modo de administração.

Cada cápsula deverá ser ingerida com uma boa quantidade de água, cerca de 240 ml.

Há também os comprimidos de liberação prolongada, revestidos; nesse caso não os triture ou mastigue para não correr o risco de liberar o conteúdo aumentando, assim, os riscos de possíveis efeitos colaterais.

É possível também a indicação do suplemento em forma de suspensão; nesse caso é preciso agitar bastante o frasco antes de administrar cada dose. Cuide também em relação à quantidade consumida.

Não se esqueça de que a dose indicada será fundamentada em sua avaliação médica. Portanto, não diminua ou aumente a dosagem ou a duração da ingestão do suplemento além do estabelecido na embalagem ou indicado pelo médico. Lembre-se de que o magnésio em demasia na corrente sanguínea pode provocar efeitos colaterais severos. O limite do composto para adulto é de 350 mg ao dia.

Administre a dose sempre no mesmo horário, assim, você terá o máximo de benefício!

Tipos:

Os tipos da substância não são iguais. Cada um deles proporciona diferentes benefícios para a nossa saúde. Vejas as diferenças entre óxido e cloreto de magnésio.

emagrece contra indicação

Óxido de magnésio – É um componente natural. É um óxido metálico e pode ser encontrado como fórmulas multivitamínicas em comprimidos ou cápsulas. É também utilizado como antiácido, para acalmar a acidez no estômago, entretanto, não se recomenda o consumo por mais de duas semanas. Também pode ser utilizado como laxante antes de intervenção cirúrgica. É vendido normalmente em farmácias, entretanto, estudos mostram que a sua absorção é bastante baixa.

Já o mesmo tem demonstrado maiores absorção e benefícios para a saúde. O uso terapêutico é recomendado devido à rapidez de sua ação, além de ser a forma mais eficaz de tratar a intoxicação celular. O cloreto tem efeito excretor de toxinas; estas são levadas para fora do corpo também através dos poros da pele.

Além disso, o composto combinado com o hidrogênio, já no estômago, fornece subsídios na formação de ácido clorídrico, uma enzima digestiva responsável pela absorção de muitos outros minerais.

Efeitos colaterais:

O consumo de cloreto de magnésio, eventualmente, poderá elevar as taxas de magnésio no organismo, nesse caso, poderá haver certos efeitos colaterais tais como:

• Reações alérgicas – podem acontecer reações alérgicas de qualquer tipo. Alguns dos sintomas são: dificuldade de respirar; erupções cutâneas; aperto no peito; urticárias; coceiras; inchaço no rosto, lábios, língua ou na boca. Caso ocorram um ou mais sintomas procure atendimento médico o quanto antes.

• Diarreia – o cloreto, na forma de comprimidos de liberação prolongada, pode causar diarreia. O melhor é consultar o médico caso o sintoma persista;

• Reflexos lentos; náuseas; diminuição dos batimentos cardíacos, visão turva ou dupla ou sonolência em excesso também podem ocorrer com a administração da substância.

Cloreto de magnésio ajuda no emagrecimento:

maxima em po jejum

Ele é capaz de ajudar na perda de peso, emagrece?

Estudos já comprovados admitem que não ingerir o composto pode contribuir negativamente para o ganho de peso, uma vez que a sua insuficiência no organismo colabora para o estresse inflamatório que está ligado à obesidade.

Além do mais, a substância ajuda os minerais e vitaminas penetrarem nas células, influenciando positivamente a nutrição. E, quando não há nutrição suficiente, o corpo naturalmente pede por mais alimentos, e aí é possível que você consuma quantidades desnecessárias de alimentos. Portanto, se ele auxilia na entrada desses nutrientes nas células, ele poderá auxiliar você a consumir menores quantidades de alimentos.

O composto emagrece, pois, atua nos graus de energia do organismo, podendo deixar você mais ativo e disposto para a prática de exercícios físicos.

O magnésio também atua reduzindo a ansiedade e o estresse; fatores que contribuem para o ganho de peso através de uma alimentação desequilibrada, em muitas pessoas.

Entretanto, a forma mais atuante do composto contribuir para o emagrecimento é através do controle das taxas de açúcar no sangue.

500mg como tomar

O paciente resistente à insulina está realmente propenso ao ganho de peso. Você sabe, níveis altos de insulina provocam o estoque de gorduras. O magnésio, então, pode ajudar fazendo a insulina desempenhar uma melhor ação, prevenindo ou até tratando da resistência à insulina. Manter as taxas de açúcar dentro dos padrões é o que diminuirá as chances daquela vontade de comer doces e alimentos gordurosos aparecerem.

Preço e onde comprar:

O cloreto de magnésio pode ser encontrado em diversas farmácias. Cápsulas, pó, comprimidos, saches e até gotas são as versões à disposição. Os preços variam bastante conforme a farmácia e o laboratório.

O composto em pó, por exemplo, pode ser comprado por cerca de R$7,00; o frasco contém 33 gramas. Já a versão gotas, em frasco de 50 ml, pode ser encontrada por R$25,00 em média. As cápsulas, versão mais consumida, podem ser compradas por R$15,00 a R$30,00, dependendo do laboratório. O frasco geralmente contém 60 cápsulas.







Orlistat - Xenical
Sibutramina
Sertralina - Zoloft
Fluoxetina - Daforin
Bupropiona - Zyban
Benzetacil
Azitromicina